Pais não puxem os braços aos vossos filhos! Podem provocar uma lesão no cotovelo.

Por APEXA em

A pronação dolorosa é uma lesão do cotovelo, denominada subluxação da cabeça do rádio (separação parcial das superfícies articulares) da cabeça de um dos ossos do antebraço, o rádio, na zona do cotovelo.

É a lesão do cotovelo mais frequente nas crianças e ocorre normalmente entre os 12 meses e os 5 anos, devido à consistência elástica dos ligamentos e ao desenvolvimento ósseo incompleto.

Ocorre um pequeno deslocamento da cabeça do rádio em relação ao ligamento anular, este ligamento  envolve a cabeça do rádio como um anel.

Cuidado ao fazer esta brincadeira em crianças muito pequenas

Como acontece esta lesão?

A lesão ocorre quando o membro superior da criança é puxado subitamente para cima quando esta tem o antebraço em pronação (isto é, com a palma da mão a apontar para trás). Este movimento é frequente quando a criança é elevada do chão pelas mãos, com os cotovelos esticados (comum quando esta tropeça e é puxada pela mão para não cair ao chão) ou, num movimento idêntico, quando se ‘pendura’ por uma ou ambas as mãos num sítio mais elevado (por exemplo, fazer ‘baloiço’ quando vai de mãos dadas com adultos). Outra situação muito comum é durante a brincadeira, quando o membro superior é puxado por alguém, muitas vezes outra criança. Nos bebés pequenos, este movimento pode ocorrer quando estes rebolam no berço.

Pronação dolorosa ou Subluxação da cabeça do rádio

Sinais e sintomas

Eventualmente pode-se ouvir um pequeno estalo quando ocorre a lesão. A criança começa a chorar imediatamente e permanentemente com o braço imóvel ao lado do corpo, com o cotovelo dobrado. Normalmente após algum tempo a criança pode parar de chorar, desde que não movimente o braço ou toquem no cotovelo.

Ligamento anular

Como tratar?

Leve a criança para o hospital o mais rápido possível. O ortopedista irá colocar o osso no sítio, normalmente sem anestesia, embora seja doloroso para a criança, a manobra é rápida.  Este procedimento é bastante simples, mas deverá ser feito apenas por pessoas especializadas. Porém, em alguns casos, o ligamento pode sofrer um pequeno rompimento e a criança continua com sintomas após a redução. Nestas situações deve-se usar uma tala para imobilizar  o cotovelo até a cicatrização do ligamento, normalmente uma semana ou pouco mais.

Pode voltar a acontecer? Como prevenir?

O ligamento anular fica ‘folgado’, após o primeiro episódio, poderá voltar a acontecer. Até o ligamento ficar mais forte e tenso, o que acontece pelos 4-5 anos, a pronação dolorosa pode voltar a acontecer, pelo que é importante evitar, a todo o custo, puxar a criança pelo braço. Se a situação se repetir, a criança deverá ser levada ao médico, para que este realize a manobra – os pais não deverão tentar realizá-la, mesmo que já a tenham visto fazer uma vez ou mais.

A criança fica com sequelas?

Mesmo que a pronação dolorosa ocorra mais que uma vez, a criança não ficará com sequelas ou limitações no futuro.

Cuidado ao puxarem os braços da criança!

Ana Santinhos | Fisioterapeuta