Mais movimento, sistema imunitário mais forte

Por Nicole Palma em

O sedentarismo constitui uma ameaça à geração atual de crianças, que estão cada vez mais fisicamente inativas. Este estilo de vida é considerado um fator de risco para o aparecimento de diversas doenças, como a obesidade, diabetes e tensão alta. Além disso, as crianças também desenvolvem um sistema imunitário fragilizado e são mais suscetíveis a constipações, doenças e alergias.

Se na barriga da mãe o bebé está protegido dos microrganismos exteriores e nos primeiros meses de vida ainda tem a proteção do leite materno, à medida que cresce é o contacto com o mundo exterior que lhe fornece as ferramentas para eliminar os agentes agressores.

É comum desconhecer-se o papel do movimento no combate às constipações, doenças e alergias na infância. Mas, este apresenta um impacto significativo, pois quando as crianças se movimentam regularmente, aumentam o fluxo sanguíneo nas diferentes partes do corpo, aumentam a captação de oxigénio e ativam o sistema linfático.

O sistema linfático é vital para manter um sistema imunitário saudável e depende do movimento dos nossos músculos e do nosso diafragma para repor o sistema de forma eficaz e libertar de toxinas, resíduos e outros materiais indesejados.

Caso o sistema linfático se torne menos ativo por falta de movimento, o corpo pode ficar mais vulnerável a constipações e doenças. Desta forma, salienta-se a importância do movimento (com muita frequência) para prevenir e combater estes problemas, protegendo o corpo de organismos, como vírus e bactérias.

O tempo que a criança tem para brincar, assim como a qualidade desse tempo, é o que vai determinar a quantidade de benefícios sensoriais, cognitivos e de saúde que pode receber.

Para fortalecer o sistema imunitário, as crianças necessitam de brincadeiras ao ar livre durante várias horas, todos os dias, o que contribui para um desenvolvimento músculo-esquelético saudável e estimula a atividade física.

Nicole da Palma| Terapeuta Ocupacional


0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder