Guia Prático sobre prevenção de quedas em idosos no domicílio

Por Cátia Évora em

À medida que a idade avança há diminuição da visão, da audição, da força muscular, do tempo de reação e do equilíbrio, aumentando assim o risco de queda. As quedas são responsáveis por muitas das mortes acidentais nos idosos, por isso é fundamental criar ambientes seguros e adotar estilos de vida saudáveis.

Sabia que?

Em 2019, segundo os dados do INE, as quedas acidentais foram a causa de morte de 865 pessoas em Portugal, 744 com mais de 65 anos.

Segundo EVITA (Epidemiologia e Vigilância dos Traumatismos e Acidentes) em 2020 houve mais de 45 mil idas às urgências, representando 89,4% dos acidentes na faixa etária com mais 65 anos com necessidade de cuidados urgentes, um aumento face a 2019.

Porque é que o idoso cai?

As quedas podem ser prevenidas começando por fazer pequenas adaptações na casa e no estilo de vida. O primeiro passo para prevenir as quedas é compreender os motivos/fatores.

Quedas entre idosos são comuns: como prevenir e evitar gravidade -  21/08/2020 - UOL VivaBem

Fatores ligadas à pessoa:

  • Alteração da marcha;
  • Diminuição da visão;
  • Perda do equilíbrio e força muscular;
  • Osteoporose;
  • Uso inadequado de alguns medicamentos;
  • Demência;
  • Ansiedade e depressão.

Fatores ligadas com o meio:

  • Condição do pavimento (chão escorregadio; objetos espalhados pelo chão; tapetes soltos)
  • Calçado e roupa (sapatos com sola lisa ou gasta; roupa demasiadamente comprida ou larga; cintos soltos)
  • Casa de banho (banheira sem as barras de apoio ou cadeira para duche)
  • Mobília (móveis instáveis; camas muito baixas ou altas; cadeiras baixas sem apoios para braços; mobília fora do sítio)
  • Auxiliares de marcha (bengala, andarilho, cadeira de rodas inadequados ou mal-adaptadas)
  • Iluminação (luzes fundidas ou com energia fraca que limita a visibilidade)

Como Prevenir?

  1. O exercício físico diminui o risco de queda

O exercício ajuda a melhorar o tempo de reação, a força, o equilíbrio e a flexibilidade.

O exercício físico em idosos deve ser realizado em ambiente controlado: sentado ou apoiado.

a) Sentar-se e levantar-se sem apoiar (8 vezes)

b) Sentado, levantar a perna até à altura da cintura (6 a 8 vezes)

c) Apoiado na cadeira levantar alternadamente a perna direita e esquerda (10 vezes) OU levantar os calcanhares

d) Sentado, dobrar e esticar o joelho alternando perna direita e esquerda (10 vezes)

e) Apoiado na cadeira subir e descer, ficando em pontas dos pés (10 vezes)

f) Caminhar sobre uma linha reta imaginária (com apoio ou sem apoio).

g) Apoiado na cadeira estender uma das pernas para trás, tirando o pé do chão (10 Vezes cada perna)

2. Manter a segurança do meio

Ao manter o ambiente livre de perigos está a diminuir o risco de queda.

a) Observa o tipo de calçado e roupa

Os sapatos devem ser adequados consoante o piso, apresentando sola antiderrapantes. Para os que andam descalços em casa podem utilizar meias antiderrapantes, embora não sejam o mais recomendado. As calças e casacos devem ter a altura certa para que não tropece.

b) Verifique os auxiliares de marcha

Andarilho: Os idosos com pouca força ou com dores não devem utilizar o andarilho. O mesmo deve ter uma altura adaptada ao idoso, em que a parte superior deve estar alinhada com a anca. Por último, é importante verificar as borrachas dos pés e substituir caso estejam gastas.

Andador abuelo: vetores de stock, imagens vetoriais, desenhos gráficos -  Página 3 | Depositphotos

Cadeiras de rodas: Deve realizar uma manutenção periódica à cadeira para manter as condições de segurança, nomeadamente, os pneus e o sistema de travagem.

Vetores de Homem Idoso Na Cadeira De Rodas O Avô Do Homem Idoso Incapacitou  Na Cadeira De Rodas Isolada No Fundo Branco Lar Ilustração Lisa Do Auxílio  Dos Cuidados Médicos Dos Povos Sênior e mais imagens de Avô - iStock

3. Algumas questões que deve tomar em atenção para garantir a segurança do seu idoso

  • A iluminação de todas as divisões da casa é suficiente?
  • Os interruptores estão acessíveis e em bom estado?
  • Os fios elétricos estão bem presos à parede.
  • Os tapetes estão bem fixos no chão?
  • Estão muitos objetos espalhados pelo chão?
  • As cadeiras/sofás/camas têm a altura certa para uma melhor mobilidade do idoso?
  • As cadeiras/cadeirões têm braços de apoio adequados?
  • As escadas ou degraus têm corrimão fixo e firme?
  • Os degraus estão em bom estado e marcadas para uma melhor visibilidade?
  • O tapete na banheira ou no polibã é antiderrapante e está bem conservada?
  • Existem barras de apoio e cadeira na casa de banho para uma maior autonomia na higienização?
  • Junto à sanita/banheira/polibã e lavatório existem fitas antiderrapantes?
  • Na banheira/polibã existe um assento fixo e um alteador de sanita?

4. O que fazer em caso de queda?

1º Tentar sentar o idoso no chão

2º Colocar uma cadeira por perto

3º Ajudá-lo a levantar-se colocando-se por trás e segurando com as duas mãos no cinto das calças ou cós das calças

4º. Sentá-lo/a na cadeira para descansar e ficar mais tranquilo/a

PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS NO DOMICÍLIO

E no caso de o idoso viver sozinho?

Deve ter o telefone fixo ou telemóvel num local de fácil acesso

5. O familiar/cuidador deve ensinar ao idoso como deve levantar-se sozinho:

1º Deve tentar dobrar o corpo sobre o estômago, pôr-se de gatas e gatinhar até a uma peça de mobília estável

2º. Colocar as mãos sobre ela e pôr um dos pés à frente bem assente no chão. Fazer o esforço de se levantar.

3º. Se possível deve sentar-se para repousar um pouco

Para mais informações sobre a prevenção de quedas pode sempre consultar o seguinte site: https://biblioteca.sns.gov.pt/wp-content/uploads/2017/06/Envelh_ativo_manual-cuidador-prevenção-quedas.pdf