Saber Estudar #10 – Fazer apontamentos

Por Sílvia Henriqueto em

Os apontamentos são uma ferramenta importante no momento de estudar. Explore com o seu filho as várias hipóteses que pode fazer (sublinhar, criar mnemónicas, fazer resumos, realizar exercícios práticos…).

Fazer apontamentos tem várias vantagens:

– Ajuda a manter a concentração;

– Ajuda a memorizar com mais facilidade;

– Potencia a capacidade de síntese;

– Possibilita o treino da escrita;

– Facilita o estudo posterior.

Como fazer apontamentos durante as aulas:

– Fazer notas breves (é importante que o seu filho perceba que não vai conseguir escrever tudo o que ouve);

– Tomar notas dos esquemas e exercícios que o professor coloca no quadro;

– Estar atento ao tom de voz do professor e a palavras que chamem à atenção (“Isto é importante”) e tomar nota.

Como fazer apontamentos depois das aulas:

É importante rever as notas das aulas no próprio dia, pois no caso de alguma ideia estar incompleta, é mais fácil de se lembrar. Assim, a criança/jovem pode complementar os apontamentos com o auxílio do manual.

Pode utilizar cores diferentes para destacar um tema, colocar títulos e subtítulos ou até fazer esquemas. Se optar por sublinhar diretamente do livro, pode, também, tomar notas laterais com palavras-chave. Para memorizar determinados conceitos, pode também utilizar mnemónicas.

Ajude o seu filho a fazer os seus próprios apontamentos. Lembre-se que os bons apontamentos não são uma mera cópia do que está escrito no livro, mas sim os que exprimem por palavras próprias as ideias mais importantes de um determinado tema. Cada criança e jovem pode optar pela técnica que mais lhe agrada: a elaboração de resumos ou a realização de esquemas.

Veja esta e outras dicas aqui!