Os Benefícios dos Jogos de Tabuleiro

Por Cátia Évora em

Antes da situação atual do país, a vida frenética e o stress do trabalho foram apenas algumas das coisas que aconteciam aos Pais diariamente, o que acabava por limitar o tempo que passavam com os filhos. Portanto, agora é o tempo ideal para recuperar o tempo perdido e resgatar as clássicas brincadeiras dos jogos de tabuleiro em família.

Abaixo segue alguns benefícios dos jogos de tabuleiro

1- Trabalha a resistência à frustração

Os jogos, nos quais está implícito o perder e o ganhar, permitem que a criança aprenda a lidar com o sentimento de frustração, que é essencial para o seu equilíbrio emocional e para o desenvolvimento da personalidade.

2- Melhoram as relações sociais

Os jogos geram, tanto em crianças como nos Pais, alguma competitividade, mas também o espírito de equipa. Apesar de poder existir apenas um vencedor, ninguém saí a perder pois se focar na diversão e nas novas aprendizagens ficam todos a ganhar.

Essa socialização será capaz de gerar comportamentos e noções de cooperação, autocontrolo e honestidade. Ao transferir essas competências para o ambiente escolar, vai gerar facilidade na compreensão de conteúdos e no processo comunicativo das crianças.

3- É muito positivo para o cérebro

De acordo com a neurociência, as atividades de lazer como os jogos de tabuleiro estimulam as conexões cerebrais e podem retardar o surgimento de doenças degenerativas como o Alzheimer.

Esses jogos moldam a forma de raciocínio devido ao poder de concentração que exerce em quem joga.

O xadrez, por exemplo, tem a capacidade de construir um pensamento crítico, disciplina, paciência e análise das consequências. E também permite exercitar a memória e as competências de tomadas de decisão.

4-Estimula a aprendizagem

Os jogos de tabuleiros podem-se tornar fundamentais no desenvolvimento e na formação das crianças pelas suas características lúdicas e pela sua importância pedagógica.

O famoso Monopoly pode proporcionar o gosto pela matemática, por exemplo, pelo simples facto de ensinar como gerir o dinheiro.

5-Uma interação que transcende o virtual

Nos dias de hoje e com o excesso de utilização das tecnologias, é importante controlar o risco de se perder o contato com os outros.

Os jogos de tabuleiro servem de estímulo psicológico para as crianças, mas ao mesmo tempo permitem reconhecer e enfrentar certas emoções. Por serem jogos que envolvem outras pessoas, contribuem para a sua relação e comunicação com os outros.

É preciso lembrar que os jogos dependem da idade das crianças, e existem jogos feito para todas elas. Apesar de qualquer diferença de idade, todos têm em comum a finalidade de se divertirem de maneira saudável.

Boas Brincadeiras e Até Breve!

Cátia Évora | Educadora Social do projeto FLAMINGO