Como criar um ambiente relaxante para a sua criança?

Por Nicole Palma em

As sensações começam a fazer da parte da vida da criança desde muito cedo, ainda durante a gravidez. Ao longo da vida, em cada interação com objetos, materiais e pessoas, a criança experiencia inúmeras informações sensoriais, que lhe vão servir de base para as aprendizagens futuras.

Deste modo, torna-se importante perceber como se desenvolvem os sentidos e como se podem estimular. É através da informação recebida pelos nossos sentidos e processada pelo nosso cérebro que nos conhecemos a nós próprios e nos apercebemos dos sons, dos sabores, dos aromas, das cores, das formas, das texturas, da temperatura, das pessoas, ou seja, da forma como interagimos com o mundo.

Nos anos 70, surgiu uma intervenção terapêutica que apela aos sentidos, denominada de Snoezelen, que consiste numa fonte de exploração e relaxamento numa combinação única de música, efeitos luminosos, vibrações suaves, sensações tácteis e aromas. A estimulação sensorial é utilizada como promotora de relaxamento, facilitadora de aprendizagens e descoberta de emoções e reações. 

A Sala de Snoezelen, é uma sala equipada com material para estimulação sensorial. É um local repleto de luz, sons, cores, texturas e aromas, onde os objetos são coloridos e disponibilizados para serem tocados e admirados. Estas salas encontram-se em escolas, lares, instituições de apoio a pessoas com deficiência, centros de reabilitação e hospitais, um pouco por todo o mundo. O ambiente seguro que a Sala de Snoezelen proporciona, aumenta o estado de relaxamento e mobilidade geral da criança, auxiliando na promoção do autocontrolo e da sua autonomia. Quer seja utilizado para ganho terapêutico, motivação, relaxamento, redução da dor, alívio da ansiedade ou simplesmente para recreação, a pesquisa valida que o ambiente criado pelo Snoezelen pode ter um efeito positivo, e por vezes mudanças duradouras no humor, comportamento e relacionamentos.

Embora o ambiente Snoezelen tenha sido desenvolvido para acompanhar pessoas com deficiência, patologias psiquiátricas e demências, não se destina exclusivamente a este grupo de pessoas. A curiosidade e reconhecimento da comunidade mundial, levou a que hoje já se encontrem salas deste tipo disponíveis para a população em geral e que está a ser muito apreciado, como antídoto ao stress.

Como já percebeu esta abordagem está cada vez mais presente nos dias de hoje, por isso proporcionar um ambiente relaxante é benéfico para todas as crianças. Porque não ajudar o seu filho a construir em casa uma “tenda sensorial”, isto é, um espaço multissensorial que ele pode recorrer quando se sente mais agitado, desconcentrado, frustrado ou ansioso. Um espaço que serve para a sua criança descansar e permitir encontrar o equilíbrio, podendo ser utilizado como uma estratégia de autorregulação, ou seja, uma forma da criança controlar as suas emoções.

Apesar desta “tenda sensorial” não ser uma sala de snoezelen, pode providenciar um ambiente semelhante a esse tipo de sala, promovendo o relaxamento e bem-estar. Desta forma, a “tenda sensorial” é um espaço atrativo e multissensorial que possibilita que a criança experiencie diversas sensações. A tenda pode ser o “cantinho” da criança para relaxar, ler e brincar.

Que materiais necessita para construir uma tenda sensorial?

  • Tenda de brincar/ campismo;
  • Instrumentos musicais;
  • Fio de luzes;  
  • Tapete;
  • Almofadas, pufes, mantas e peluches;
  • Objetos luminosos (bolas com luz, projetor de imagens, estrelas fluorescentes, holofote);
  • Aparelhagem com música ou dispositivo com fones;
  • Sacos e garrafas com texturas (grão, arroz, massa, e pequenas pedras);
  • Ventoinha portátil;
  • Bola de espelhos;
  • Canetas ou batons com cheiro de frutas;
  • Espanta – espíritos de várias cores.

Os materiais da “tenda sensorial” devem ser escolhidos tendo em conta os interesses da criança e as suas necessidades sensoriais.

Existem alguns momentos em que todos nós temos dificuldade em encontrar o equilíbrio, mas para algumas crianças é particularmente difícil. Por isso, estes espaços podem oferecer à criança o conforto que necessita para ultrapassar momentos difíceis, ao permitir que exista uma regulação mental e emocional através de um ambiente rico em estímulos que acalmam a criança.

Nicole da Palma | Terapeuta Ocupacional