Como combater a solidão na terceira idade?

Por Cátia Évora em

Existem diversas causas que impulsionam o isolamento social e a solidão nos idosos, como por exemplo a situação atual que o mundo está a viver contra a pandemia Covid-19. É importante entender que a velhice não é sinónimo de solidão ou isolamento. Prova disso, são os inúmeros idosos que, mesmo depois de passarem por situações menos boas, escolhem envelhecer de forma ativa.

Mas como é que fazem para envelhecerem de forma ativa? É muito simples: através dos tempos livres, ocupando-se com atividades que durante muitos anos não conseguiram concretizar. Ou seja, dedicam-se a fazer o que mais gostam, sem que o factor tempo interfira. Se está a passar por esta situação, abaixo sugiro algumas atividades que possam contribuir para que não se sinta sozinho.

1. Procure fazer novas amizades – Conhecer pessoas e fazer novas amizades é uma excelente forma de combater o isolamento e a solidão nos idosos. Procure na sua zona de residência locais onde poderá fazer novas amizades, como por exemplo em parques de lazer ou bibliotecas, ou até espaços de atividades ocupacionais (como por exemplo no Projeto FLAMINGO). Por vezes, são nestes espaços que surgem as mais inesperadas amizades.

2. Faça voluntariado – Tornar-se voluntário por uma causa em que acredita poderá trazer elevados benefícios para si. Poderá conhecer novas pessoas, fazer parte de um grupo que partilha os mesmos ideais e vivenciar novas experiências. Praticar e sentir o altruísmo poderá trazer outro sentido à sua vida e contribuir para aumentar a sua felicidade e o seu bem-estar, diminuindo o sentimento de solidão.

3. Invista na suas relações sociais – Já alguma vez sentiu que deveria ter dado mais atenção à sua família e aos seus amigos? Esta etapa da vida é uma excelente altura para o fazer. Envie mensagens ou contacte por telefone à sua famílias e amigos ou até escreva cartas para enviar. Organize atividades em família depois das refeições. Além de serem atividades que estimulam a mente, promovem o convívio social.

4. Frequente um curso – Esta é uma ótima oportunidade para ocupar o seu tempo livre. Poderá optar por aprender uma língua nova ou escolher algo ligado às artes, como a dança ou a pintura, ou até mesmo as costuras. Entrar num grupo conduz à integração num conjunto de pessoas que partilham interesses comuns. Poderá trazer um sentimento de pertença. A integração num grupo e o convívio com outras pessoas estimula a criatividade e ajuda a combater o isolamento e a solidão.

5. Adopte um animal de estimação – Os animais de estimação, em especial os cães e gatos, trazem vários benefícios e um deles é a prevenção da solidão. Ter um animal de estimação é sinónimo de uma companhia constante. Além disso, é possível que faça novas amizades enquanto passeia o seu animal de estimação.

Faça atividades, esteja em ambientes sociais e sobretudo divirta-se. Estamos certos que, assim, não se sentirá só. Tem sugestões de outras atividades que combatem o isolamento e a solidão nos idosos? Partilhe connosco e com os nossos leitores, pode enviar as sugestões em: info@apexa.org

Cátia Évora | Educadora Social do Projeto FLAMINGO